Ausência de documentação, 1975. (3)

Declaração para efeitos de câmbio, com a data de 29 de outubro de 1975 e o carimbo do Centro de Apoio e Controlo (CACO) do IARN, onde se confirma que o Sr. X, chegado de Walvis Bay a bordo do navio Oceanic Independence no dia 27 de outubro de 1975, não possui documentação em virtude de esta lhe ter sido roubada em Angola. Autoria: Fernando Jacinto Santos (supervisor do serviço do IARN). Proveniência: IARN – Presidência do Conselho de Ministros, Instituto de Apoio ao Retorno de Nacionais.

Arquivo Histórico Ultramarino (AHU-IARN)

PASTA 276 - Desalojados A-F

O navio Oceanic Independence realizou três viagens. Na sua última viagem, encontrava-se uma funcionária do IARN para contactar as pessoas que precisassem alojamento em Portugal. No dia 7 de novembro de 1975, o navio atracou no Cais da Rocha, em Lisboa, e os seus passageiros só puderam após trocarem os escudos “coloniais" por escudos portugueses - no montante máximo de cinco mil escudos.