200 a 250 mil evacuados de Angola desde meados de 1974, 1975.

Através de uma ponte aérea estabelecida entre Luanda e Nova Lisboa desde 4 de agosto de 1975, espera-se que a evacuação da maioria da população “branca” residente nesta região do país termine amanhã. Em Luanda, encontram-se já albergadas 10.000 pessoas à espera de transporte para Portugal, sendo que várias milhares delas fugiram de Lobito e de Moçamedes. Desde meados de 1974, cerca de 200.000 a 250.000 pessoas já foram evacuadas de Angola: a maioria têm sido transportada via aérea para Lisboa e cerca de 12.000 foi via férrea para a África do Sul, antes do início dos combates entre os movimentos de libertação. Diário de Coimbra, 4 de outubro de 1975, última página, Coimbra.

Biblioteca Nacional de Portugal (BNP)