Colonos sem trabalho em Moçambique, 1947. (2ª pág.)

Carta (2 páginas), onde o Governador de Moçambique relata a situação complicada de centenas de colonos que desembarcaram em Lourenço Marques sem carta de chamada, entre os dias 23 e 25 de junho de 1947. O Governador lamenta que continuem a chegar colonos sem garantia de trabalho nem recursos monetários e solicita que, de futuro, apenas indivíduos devidamente documentados sejam autorizados a embarcar. Data: 7 de agosto de 1947.

Arquivo Historico Ultramarino (AHU)

26-2G-MU- DGAPC (Caixa 1) Pasta "Colonos para Timor 1947"

A carta de chamada era um documento obrigatório, passado gratuitamente pelo Ministério das Colónias, que atestava a garantia de trabalho, de sustento e de repatriamento a todas as pessoas que pretendessem emigrar para as colónias portuguesas. Ver neste arquivo, o documento: "Colonos sem trabalho em Moçambique, 1947. (1ª pág.)"