“Terroristas” do Tanganica dirigiram-se para o Norte de Moçambique, 1964.

Cinco grupos de “terroristas” de nacionalidades diferentes entraram no Norte de Moçambique vindos do Tanganica onde têm apoio de várias nações comunistas (China, Russia, Argélia e Cuba) que procuram “espalhar a subversão no leste e centro de África.” Alguns dos elementos desses grupos foram aprisionados pelas autoridades portuguesas. O Primeiro de Janeiro, Nº 280, 11 de outubro de 1964, 1ª pág., Porto.

Biblioteca Nacional de Portugal (BNP)

J.2044G.

Ver neste arquivo, o documento: "A situação no Norte de Moçambique, 1964".