Pedido de subsídio de alimentação, 1975. (3ª pág.)

Carta dirigida ao Departamento de Alojamentos do IARN (3 páginas), de um senhor que retornou de Angola em 20 de outubro de 1975. À chegada ao Aeroporto de Lisboa, o IARN pagou-lhe a viagem para Aveiro, sua terra natal, onde vive num quarto de uma casa particular que lhe foi cedido por favor. Além dessa ajuda, o autor da carta afirma nunca ter usufruido de quaisquer apoios por parte do IARN. Porém, encontrando-se agora numa situação crítica, pede um apoio para a alimentação dos seus 2 filhos menores. Não possui qualquer forma de sustento e tudo quanto tinha ficou em Angola, de onde regressou ao fim de 10 anos “de sacrifício”. Desabafa, ainda, que tem conhecimento de “certos casos de famílias que se encontram instaladas em óptimos hotéis onde nada lhes falta (…); famílias essas com carros e dinheiro nos bancos que conseguiram transferir, e ainda com bens na terra (…)”. [autor protegido], dia 11 de dezembro de 1975. Proveniência: IARN – Presidência do Conselho de Ministros, Instituto de Apoio ao Retorno de Nacionais.

Arquivo Histórico Ultramarino (AHU-IARN)

PASTA 277 - Desalojados A-F

Ver neste arquivo, os documentos: "Pedido de subsídio de alimentação, 1975. (1ª pág.)" e "Pedido de subsídio de alimentação, 1975. (2ª pág.)"