RETORNAR – TRAÇOS DE MEMÓRIA

A exposição Retornar – Traços de Memória assinala os 40 anos do momento que ficou conhecido por retorno de nacionais à antiga metrópole na sequência dos processos de descolonização das colónias portuguesas em África, e que conheceu o seu auge com a ponte aérea de 1975.